Desenvolvimento Humano

VOCÊ TEM O DIREITO DE EXISTIR

Por João Carlos


Você já se perguntou se tem o direito de existir ou até mesmo já passou por algum momento na sua vida onde se sentiu excluído(a) ou no lugar errado? O quanto você acredita ter o direito de pertencer?


Você já se perguntou se tem o direito de existir ou até mesmo já passou por algum momento na sua vida onde se sentiu excluído(a) ou no lugar errado?Talvez isso não faça sentido para você, mas de repente até conhece alguém que pense assim e quem sabe não pode ajudar essa pessoa compartilhando esse artigo não é mesmo? 

Bom, de qualquer forma quero convidar você a ler e aproveitar o máximo daquilo que faz sentido para a sua vida, e se de alguma forma o que escrevi aqui vai contra algo em que você acredita, por favor apenas considere a minha intenção positiva. 

Confesso a você pessoa extraordinária que tanto duvidei do meu direito de existir, quanto perdi as contas de quantas vezes me senti diminuído e simplesmente perdido. 

Em meio a reuniões familiares, de trabalho, em grupos de amigos, em festas…

Você já se perguntou se tem o direito de existir ou até mesmo já passou por algum momento na sua vida onde se sentiu excluído(a) ou no lugar errado?Quem eu era na ordem do dia? E sempre me apoiando nas outras pessoas e duvidando das minhas capacidades, lá estava eu, questionando a minha “reles existência.

Sou muito franco ao compartilhar isso com você que tem acompanhado as minhas publicações neste portal, e ainda admito; já foi muito difícil pra mim falar sobre essas coisas. 


Sabe quando você observa as pessoas felizes e isso te frustra?
Isso acontecia comigo o tempo todo.


Você já se perguntou se tem o direito de existir ou até mesmo já passou por algum momento na sua vida onde se sentiu excluído(a) ou no lugar errado?Eu acredito que todo mundo é melhor do que eu em algo, ou seja, nenhuma pessoa sabe tão pouco a ponto de não transmitir qualquer que seja o conhecimento. Este é um conceito justo para mim, mas isso também era ruim uma vez que fazia com que eu acreditasse que por alguém ser melhor do que eu em algo, era melhor do que eu em tudo. 

Estranho não é mesmo?

É muito estranho quando você se nota olhando no espelho
e não sabe exatamente de quem se trata. 


A grande verdade é que eu nunca tinha parado para pensar no por quê da minha existência.

Será que eu tinha realmente o direito de existir?

Você já se perguntou se tem o direito de existir ou até mesmo já passou por algum momento na sua vida onde se sentiu excluído(a) ou no lugar errado?O meu pai sempre me disse que existe uma grande diferença entre viver por viver e saber por que se está vivendo. Eu não entendia muito bem o que ele queria dizer com isso até eu realmente começar a notar a minha existência. 

É interessante quando paramos para contemplar coisas que antes não notávamos como por exemplo:

As funções cerebrais, a complexidade do corpo humano, a amplitude do universo, o ar, o céu, as árvores, a terra, a água…

Tudo isso existia e meus olhos estavam ali para contemplar. De certa forma havia em mim um propósito, um por quê. Foi aí que notei que tenho mais do que tudo o direito de estar, de pertencer. O Direito de Existir.

Assim sendo, compreendi de uma vez por todas as palavras sábias que meu estimado pai tanto repetiu para mim; e sobre a diferença entre ‘saber por que se está vivendo’ e ‘viver por viver’, digo que a vida me ensinou que além de termos um por quê de viver, ainda precisamos ter um por quem vivermos, e é a isso que esta conectado o meu legado. 

Se isso tudo fez sentido para você e de alguma forma você também tem dúvidas sobre sua existência, acredite, temos o direito de existir, pois se fosse o contrário não existiríamos.


Temos não só o direito mas a necessidade desse pertencimento,
dado que é fundamental para nossa autorrealização. 


Para reforçar tudo o que eu disse preparei uma metáfora no vídeo abaixo e convido você a refletir sobre o mesmo:

Espero que tenha gostado desse artigo. Comenta aí o que você achou e se deseja mais artigos como esse.
Não esquece de dar o seu feedback me seguindo nas redes sociais. 
Obrigado por vir até aqui comigo. Um forte abraço do seu amigo coach e até mais. 

Etiquetas

João Carlos

Master Coach, Analista Comportamental e CEO da New Coach. Ajuda as pessoas a alcançarem os seus objetivos de forma rápida através de treinamentos técnicas especializadas da área do desenvolvimento humano e da gestão comportamental. Visão: Auxiliar as pessoas a compreenderem o valor de serem verdadeiras e que são capazes de superar as dificuldades através do conhecimento. Missão: Ajudar as pessoas a verem o que há de melhor nelas através do treinamento e pela iluminação de suas maiores verdades. Valores: Honestidade - Determinação - Competência - Independência - Sabedoria.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar