DestaqueNotícias

VINGANÇA? MULHER QUE MATOU ESTUPRADOR DA FILHA É EXECUTADA A TIROS

Com ela foram encontrados porções de entorpecentes.

MATOU O CONVIVENTE À FACADAS

Na época dos fatos (19/12/2021), noticiamos no Programa J Silva que Nanis Leal da Silva de 30 anos matou a facadas Adrian Miguel que era seu convivente, padrasto da criança e confessou que havia abusado sexualmente a filha da mulher, de apenas 2 anos.

De acordo que foi apurado pela Polícia Civil, o abuso teria ocorrido no momento em que a mãe não estava em casa, a mulher teria deixado a menina na responsabilidade de Adrian.  Naquela noite, ao retornar para casa localizada no Jd Paloma, a mulher descobriu o que tinha acontecido e matou o rapaz.

ASSASSINADA

Mas durante a noite desta quarta-feira, a mãe, acabou sendo assassinada brutalmente a tiros.

O crime ocorreu na área central de Colombo, região de Curitiba, onde a mulher e sua filha estavam morando. Segundo testemunhas, a vítima estava sozinha em um carro quando foi obrigada a parar e descer do carro.

O atirador que estava em uma motocicleta disparou várias vezes contra Nanis que caiu morta no chão. Na sequencia, o atirador desapareceu.

HIPÓTESE DE VINGANÇA

A polícia trabalha agora com uma hipótese muito grande de que o crime tenha relação com a morte em dezembro.

Porém, como no bolso da mulher foi encontrado uma quantidade de droga, não é descartado que a motivação tenha sido por dívida com traficantes na região.

 

 

 

O que você achou de nossa matéria? Sujestões de pautas, ou sobre como você tem recebido as nossas informações em seu calular, tablet ou computador, deixe sua opinião abaixo ou em nosso Whatsapp clicando no link https://api.whatsapp.com/send?phone=5544999004141

 

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo