DestaqueNotíciasSaúde

SOLIDARIEDADE: HOSPITAL SANTA CLARA DE COLORADO RECEBE DOAÇÃO DE ALIMENTOS CEDIDOS POR EMPRESA DE MARINGÁ

O grupo GTFoods com sede em Maringá teve a iniciativa de encaminhar a doação para vários hospitais da cidade, e Colorado também recebeu ajuda.

Em tempos onde somente se propagam notícias tristes e difíceis de serem explanadas até mesmo para nós profissionais de comunicação, se destacam gestos de solidariedade de pessoas e empresas que desenvolvem iniciativas de prevenção e ajuda na luta do combate ao coronavírus (Covid-19) que assola o planeta.

O hospital Santa Clara de Colorado recebeu na manhã desta terça-feira (31) cerca de 400 quilos de carne de frango, doados pelo grupo GTFoods com sede em Maringá. De acordo com a diretoria da instituição, a doação da carne serve os pacientes que passam pelo hospital por um mês, o que trás alívio para a administração que luta dia e noite para o bom funcionamento da unidade de saúde.

Superintendente administrativa Maria Bertone.

“Essa doação chega em um momento crucial que estamos passando no mundo todo, (…) não sabemos o que vem pela frente ainda, então, atitudes como esta de doar sem olhar a quem, é maravilhoso e louvável. (…) O hospital é a única empresa que não pode parar neste momento. Nós precisamos ser solidários uns com os outros, o que vier de ajuda é sempre bem vindo, portanto, sejam solidários, é isso o que a gente leva da vida”. Relatou em entrevista ao Programa J. Silva a superintendente administrativa do hospital Santa Clara, senhora Maria Bertone.

Maria nos relatou ainda que na próxima quinta-feira (02) a UTI Regional do hospital Santa Clara entra em funcionamento, o que vai elevar em muito a capacidade de pessoas, por conta do alastramento do coronavírus, não será possível uma inauguração formal, embora seja um momento histórico para Colorado e região. O hospital já vai entrar atuando com a UTI para receber os pacientes de COVID-19 que precisarem de terapia intensiva.

Rafael que faz parte do departamento de marketing e representou o grupo GTFoods, explica de onde saiu a idéia de sair de Maringá para ajudar a instituição hospitalar em Colorado.

Rafael representou o grupo GTFoods em Colorado.

“A gente está fazendo esta doação em prol a comunidade de Colorado, pois entendemos ser importante nos prepararmos para este momento delicado que estamos vivendo, então uma das formas que a GTFoods enxerga de ajudar a comunidade, é fazendo a doação de alimentos. Nós como produtores e fornecedores de alimento, entendemos que isso é muito importante para que não falte nos hospitais que são os que vão fazer os tratamentos de saúde em primeiro momento de pessoas que vão ser tratadas de coronavírus, por isso desenvolvemos esta ação no intuito de ajudar”. Relatou Rafael.

Rafael relata que os 400 quilos de carne de franco cedidos ao hospital, garante pelo menos um mês de alimentação aos pacientes da unidade hospitalar.

A nutricionista do hospital Gabiela Bertone Martins, disse a nossa reportagem que hoje o hospital consome entre 80 e 100 quilos semanais de proteínas, que é o caso da doação.

“Depende mesmo do fluxo de pacientes, e esta doação vai suprir para a gente pelomenos um mês até quarenta dias de alimentação. O hospital agradece muito a doação, é uma bênção, e acredito que todos nós vamos necessitar de vários tipos de doação neste momento, a GTFoods proporcionou este tipo de doação e estamos muito gratos a isto”. Comentou a nutricionista Gabriela.

Por fim, o presidente do hospital Santa Clara Luiz Giglioti comenta da importância de que empresas tenham responsabilidade social.

Luiz Giglioti, presidente do hospital Santa Clara

“Essa doação que a GTFoods fez para nós, é de suma importância. Isso aí fica claro que esta empresa  tem responsabilidade social, num momento deste eles virem oferecer quatrocentos quilos num primeiro momento para a gente poder alimentar os pacientes, isso é de importância única, serve de exemplo para empresários de nossa região, esse pessoal saiu de Maringá e nos doou. Isso é muito importante, não tem preço a atitude deles, é de parabenizar e agradecer muito a eles, só Deus pode pagar eles, nós não podemos”. Relatou Luiz.

O presidente orientou ainda que neste momento de dificuldades o hospital realmente necessita de ajuda, o grupo saiu de Maringá para ajudar o hospital, exemplo para que empresas da região possam também encaminhar qualquer espécie de ajuda, principalmente Epi´s (equipamentos de proteção individual), suprimentos que pela qual a unidade hospitalar encontra grandes dificuldades em adquirir.

Na quinta-feira (02) a superintendente administrativa Maria Bertone participará ao vivo do Programa J. Silva para falar sobre os avanços, obras e funcionamento de novos setores do hospital Santa Clara.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar