NotíciasParaná

R$ 3 MILHÕES: GOVERNO DO PARANÁ DIZ QUE VAI VETAR AUMENTO DE ENCARGOS SALARIAIS A CONSELHEIROS DA COPEL

Discussão gerou polêmica na ALEP e população em geral.

BÔNUS MILIONÁRIO

O Governo do Paraná afirmou na noite desta quinta-feira (28) que vai vetar a proposta de aumento da remuneração dos conselheiros da Copel e de pagamento de bônus de R$ 3 milhões divididos entre os diretores da companhia.

A proposta de reajuste foi apresentada pela empresa em março e será votada pelos acionistas em assembleia-geral.

Como acionista majoritário, o governo do Estado tem o poder de barrar a medida.

  • “Desde janeiro de 2019, por determinação do governador Carlos Massa Ratinho Junior, o salário dos diretores e integrantes de conselhos fiscais e administrativos de todas as empresas controladas pelo Estado está congelado. Ou seja, desde o início desta gestão nenhum diretor ou conselheiro de empresa estatal teve aumento na remuneração”, afirmou o governo.

POLÊMICA NA ALEP

Desde que foi divulgada, a proposta de reajuste e o pagamento de bônus aos diretores da Copel tem provocado polêmica e chegou a ser criticada por deputados na Assembleia Legislativa do Paraná. “inadmissível” em um momento de tantos sacrifícios à população.

A organização argumentou também que a companhia precisa ter responsabilidade social.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo