BrasilNotícias

MULHER ACUSA NOIVO DE FUGIR PARA A EUROPA DEIXANDO R$ 150 MIL EM DÍVIDAS

Segundo informações, o homem fez várias outras vítimas com o golpe. Via Uol.

A microempresária mineira Bárbara Dias, 29, ganhou destaque nas redes sociais após compartilhar a experiência de ter sido deixada pelo noivo a nove dias do casamento, em Contagem (MG). Jonathan Machado Lucas Nogueira, 27, que atualmente é investigado pela polícia por possíveis crimes financeiros por se passar por falso consultor de investimentos, teria recolhido todos os pertences do apartamento em que o casal vivia e viajado à Europa, deixando a ex com R$ 100 mil em dívidas da festa e outros R$ 50 mil, de cartões de crédito e de empréstimos feitos no nome dela.

Após o desabafo, feito no Instagram, novas supostas vítimas começaram a procurar a família da mulher para relatar terem sido vítimas de golpes financeiros — integrantes de uma mesma família, que se disseram lesados em R$ 70 mil, já registraram queixa na polícia, que espera receber novas denúncias após a repercussão do caso.

O casal ficou junto por três anos e nove meses e se casaria em Búzios (RJ), no dia 18 de setembro do ano passado. Em entrevista ao UOL, Bárbara conta que, no dia 9, ele disse que participaria de uma reunião, mas fugiu, retirando os pertences dele do imóvel. A mulher disse que decidiu procurar a polícia em dezembro, depois de ver fotos no Instagram do ex ostentando uma vida de luxo na Europa. A suspeita é que ele permaneça no continente e uma operação está sendo montada com autoridades internacionais para localizá-lo, informou hoje a Polícia Civil de Minas Gerais.

A jovem conta que o rapaz se mudou para Contagem do Rio de Janeiro, há alguns anos, e que a família o ajudou desde a busca por um local para morar até a encontrar um emprego. Por isso, nunca suspeitou que pudesse passar por esse tipo de abandono. Abalada emocionalmente, Bárbara disse ainda que contou com a ajuda de amigos para lidar com o fim da festa. “Um amigo viu que eu não tinha estrutura e tomou a frente para avisar e negociar com os fornecedores, mas eu não tive ressarcimento de quase nada”.

Mais vítimas Depois que Bárbara começou a divulgar a situação para parentes e amigos e por meio de um perfil no Instagram em que denuncia o caso, ela diz que aproximadamente 20 pessoas a procuraram se dizendo vítimas do ex-noivo. “Ele contou às vítimas que prestava consultoria. Depois, pedia dinheiro para realizar supostas aplicações que dariam rápido e robusto retorno. Porém, descobrimos que nunca houve a devolução do dinheiro para ninguém, muito menos os supostos lucros”, diz Bárbara. Em nota enviada ao UOL nesta sexta-feira (7), a Polícia Civil de Minas Gerais informou que a ocorrência foi registrada pela vítima no mês de dezembro e que um inquérito já foi instaurado

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo