Colorado e RegiãoNotícias

GOLPE DA UTI: BANDIDOS ACESSAM PRONTUÁRIOS E TIRAM DINHEIRO DE PARENTES

Instituições hospitalares estão emitindo alerta a toda população.

O GOLPE É BAIXO E COVARDE

Na última segunda-feira, o Hospital Santa Clara alertou a população através do Programa J Silva sobre uma situação que vem preocupando instituições hospitalares e autoridades policiais.

A modalidade vem sendo chamada como “Golpe da UTI“, nele, famílias que tem parentes hospitalizados em estado grave, internados em unidades de terapia intensiva (UTI) de hospitais são alvos dos criminosos. Bandidos se aproveitam da angústia de parentes para levar dinheiro fácil com o drama familiar.

COMO FUNCIONA O GOLPE?

Os criminosos na maioria das vezes fingem ser médicos, fazem contatos via telefone com algum parente dos pacientes e pedem um depósito em dinheiro, para realização de exames médicos, medicamentos ou procedimentos médicos.

Os bandidos ainda orientam suas vítimas de que o dinheiro tem que ser depositado com certa urgência, afim de que os procedimentos sejam realizados o mais rapido possível, incapacitando na maioria das vezes, a iniciativa das vítimas entrarem em contato com a instituição de saúde via fone ou presencialmente afim de confirmar a veracidade da informação recebida.

O QUE DIZ O HOSPITAL SANTA CLARA?

Um dos membros da administração da instituição hospitalar, Marco Aurélio, participou ao vivo via telefone com o radialista J. Silva e explicou a situação aos ouvintes. Em Colorado, o hospital Santa Clara comunica que “Não faz parte dos procedimentos administrativos que médicos ou demais funcionários façam ligações telefônicas aos familiares solicitando depósitos bancários para pagamentos de despesas médico-hospitalares”.

Para quem for vítima desses bandidos, ou receber algum tipo de ligação do tipo, a orientação é entrar em contato com o hospital, se possível pessoalmente, e acionar as autoridades policiais afim de registrar ocorrência policial.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo