BrasilDestaqueNotícias

GÁS DE COZINHA SOFRE SEXTO AUMENTO CONSECUTIVO E ESTÁ 5% MAIS CARO

A petrolífera não descarta a possibilidade de mais um aumento durante este mês.

O preço médio do gás de cozinha (GLP) está 5% mais caro após a Petrobras confirmar o reajuste, que já é o sexto desde maio. Em 13 de agosto, o último reajuste anunciado também foi de 5%.

As principais distribuidoras já informaram que vão repassar a alta ao consumidor final. Com o novo reajuste, o preço médio nas refinarias será equivalente a R$ 29,27 por botijão de 13kg.

Para os consumidores, no entanto, o gás pode variar entre R$ 80 e R$ 100, dependendo da região. No Paraná, o menor preço do botijão de 13 quilos é registrado em Paranaguá, com R$ 59,63. Já na cidade de Cascavel, registra o terceiro maior em R$ 76,50, perde apenas para Toledo, com preço médio de R$ 79,25 e Foz do Iguaçu, com R$ 91,89.

Segundo a Petrobras, a disparada do dólar e os altos valores do gás de cozinha nos Estados Unidos são os principais fatores que explicam a alta do preço. Em nota, a estatal afirmou que a tendência de alta ainda deve permanecer em setembro já que a metodologia de precificação acompanha os movimentos do mercado internacional.

 

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar