Política

CÂMARAS MUNICIPAIS DO PARANÁ GASTARAM R$ 13,2 MILHÕES EM DIÁRIAS DE VIAGENS DE JANEIRO A OUTUBRO

A grande maioria dos vereadores sequer souberam explicar quais os cursos foram feitos por eles durante as viagens

As câmaras municipais do Paraná gastaram R$ 13,2 milhões em diárias de viagens de janeiro a outubro de 2019, de acordo com o Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR). De acordo com o levantamento, foram mais de 30 mil diárias pagas a vereadores e servidores das câmaras municipais do estado.

Em média, as diárias pagas são de R$ 437. Dos R$ 13,2 milhões, mais da metade, R$ 6,7 milhões, foram gastos com cursos em outras cidades. As cidades que mais gastaram comas diárias foram: Quatro Barras, na Região Metropolitana de Curitiba: R$ 228 mil; Jacarezinho, no Norte Pioneiro: R$ 231 mil; Palmas, na região Sul: R$ 272 mil; Ortigueira, nos Campos Gerais: R$ 316 mil.

O gasto está previsto em lei. No entanto, muitos vereadores não souberam explicar que tipos de cursos realizaram quando foram questionados. O TCE-PR pediu explicações para as câmaras municipais das cidades em que os gastos com diárias apresentaram indícios de irregularidades. É o primeiro passo de uma apuração que pode gerar consequências para os vereadores e funcionários que abusaram, e para os presidentes das câmaras que autorizaram os gastos.

De acordo com o coordenador geral de fiscalização do TC-PR, há uma desproporcionalidade em relação ao valor pago pelo poder legislativo e os demais poderes. “Também há uma desproporcionalidade com relação ao total gasto com algumas câmaras com relação a outras.

Os valores chegam a ser até nove ou dez vezes maiores do que a média do estado. Muitas vezes destinos turísticos acabavam tendo uma frequência maior”, afirmou.

Via G1

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar