DestaqueNotíciasPolêmica

BRIGA POR MÁSCARA TERMINA COM MORTE DE FUNCIONÁRIA DE SUPERMERCADO NA REGIÃO DE CURITIBA

Confusão ocorreu nesta terça-feira (28) em Araucária.

Uma discussão entre um cliente e um segurança de um supermercado de Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba, por causa de uma máscara de proteção contra o coronavírus (covid-19) terminou em morte na tarde desta terça-feira (28).

Segundo informações do local, o segurança atirou após os dois entrarem em luta corporal, na porta de acesso do estabelecimento. O cliente, de aproximadamente 60 anos, ficou ferido e precisou ser contido pela Guarda Municipal (GM). Uma funcionária do hipermercado, que também foi atingida por disparos, não resistiu aos ferimentos e faleceu. A ocorrência foi registrada por volta das 15h30.

Uma ambulância do Siate foi acionada para socorrer as vítimas. O homem foi atendido dentro da ambulância e depois foi encaminhado para a Delegacia da Polícia Civil de Araucária. O segurança envolvido também foi para a delegacia. A funcionária já tinha morrido quando os socorristas chegaram.

Segundo a GM, a discussão na porta do supermercado começou quando um funcionário do estabelecimento informou ao cliente que o uso de máscara era obrigatório para compras no local. O cliente reagiu de forma brusca e desferiu um soco violento no funcionário, que foi ao chão.

Em seguida, ao ser abordado por um segurança, o cliente novamente partiu para o ataque com socos, derrubando o agente. Segundo a GM, a reação do segurança para tentar proteger a arma pode ter causado os disparos. Um dos tiros feriu o agressor de raspão e o outro acabou matando a mulher. O caso será investigado.

O vídeo feito pelo circuito de câmeras de segurança do estabelecimento mostram o início da confusão que acabou na morte da fiscal do supermercado.

 

O que dizem as empresas?

Em nota, a empresa de segurança lamentou a morte da funcionária do supermercado e disse estar à disposição da polícia para ajudar nas investigações. “A empresa lamenta profundamente o ocorrido e presta total solidariedade à família e aos amigos da vítima. Informamos que empresa está colaborando com as autoridades na busca de informações que possam contribuir para a investigação do caso”, informou o Grupo Protege.

O Condor enviou uma nota oficial para a imprensa lamentando profundamente o ocorrido em sua loja de Araucária e informa que está prestando todo o apoio e ajuda à família. “A empresa também está contribuindo com as investigações e prestando todos os esclarecimentos necessários para que as autoridades esclareçam os fatos”.

Via Gazeta do Povo

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar