DestaqueNotíciasRegião

8 SDP PARANAVAÍ- TRAGÉDIA: INVESTIGADOR DA POLÍCIA CIVIL ASSASSINADO DENTRO DE DELEGACIA

A falta de atenção do estado ás condições de trabalho de agentes de segurança pública, trás como reflexo este tipo de acontecimento, destacam operadores do setor.

O investigador da Polícia Civil, Osafa Pereira Cruz de 41 anos foi assassinado na madrugada deste domingo dentro da 8ª. Subdivisão Policial em Paranavaí. Pelo que foi apurado no local, por volta das 20.30 horas policiais militares conduziram  preso ate a Delegacia a  pessoa de GENIVALDO PEIXOTO DA SILVA (38 anos) pelo crime de violação de domicilio e drogas para consumo.

Apos analise dos fatos pelo Delegado Plantonista,  o investigador Osafa que estava  informou ao  conduzido  que os fatos eram delito de menor potencial ofensivo e que não  ficaria preso, porem deveria  assinar um termo de compromisso e comparecimento no Juizado local, liberando os policiais da ocorrência.

Investigado Osafa pretendia ser delegado de polícia. 

Por volta das 00.30 hrs, já de madrugada, servidores  da cadeia publica local ouviram vários disparos de arma de fogo oriundos do interior da 8* SDP. De imediato, foi acionado reforço  policial com apoio da militar para verificação, onde apos arrombarem uma porta de acesso ao interior da Delegacia, presenciaram o investigador OSAFÁ caído no corredor  apresentando vários disparos de arma de fogo  bem como a pessoa de GENIVALDO  caído próximo, com disparo na região  lateral do crânio e em óbito, com a arma do policial ao seu lado.

Tudo leva crer que o criminoso conseguiu desarmar o policial, o matou a tiros e em seguida tirou a própria vida.

Servidores públicos que atuam na segurança, desabafaram relatando que este tipo de acontecimento é resultado da omissão do estado onde um único Policial Civil faz plantão sozinho em delegacias e até na Subdivisões, o que é o caso. “Perdermos um Investigador amigo, pai de dois filhos, estudioso (estava prestando concurso para delegado), por ser obrigado a trabalhar sozinho e ter que lidar com presos. É hora de dar um basta nisto.”

Lembrando que a restruturação e melhores condições de trabalho aos profissionais de segurança pública, foi promessa do atual governo em campanha eleitoral.

 

Artigos relacionados

Verifique também

Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar