NótíciasParaná

VENDEDOR AMBULANTE É IMPEDIDO DE TRABALHAR POR FISCAIS DA PREFEITURA EM ASTORGA; VÍDEO DE DESABAFO VAI PARAR NAS MÃOS DE PRESIDENTE DA REPÚBLICA

Desempregado, e cansado de procurar emprego por toda região, o homem viu na venda ambulante a única alternativa de sustentar sua família.

Situação complicada viveu na semana passada o senhor Wagner Teixeira Sastre, vendedor ambulante na cidade de Astorga. Wagner comprava e revendia produtos como Salame e queijo para poder levar para dentro da sua casa, o sustento da família.

O pai de família que, após muito tempo desempregado e tinha visto esta forma de trabalho para garantir o sustento da família, foi abordado por fiscais da prefeitura de Astorga próximo ao cemitério que proibiu Wagner de comercializar seus produtos, mesmo com o documento que comprova seu cadastro no MEI – Micro Empreendedor Individual. Em uma atitude desesperada, o rapaz gravou um vídeo desabafando e chamando atenção para aquela situação, o vídeo viralizou nas redes sociais e chegou até o presidente Bolsonaro que o exibiu em uma reunião ministerial.

Essa situação que ocorreu com o Wagner, é reflexo de um  país sobrecarregado de tantas leis que muitas vezes só servem para arrecadar fundos para a administração pública. Muitas dessas leis não servem absolutamente para nada, a não ser para travar a vida do pai de família que quer e precisa trabalhar para sustentar sua família.

Confira o vídeo em que o presidente da república Jair Bolsonaro, em reunião com representantes do governo federal apresenta o material aos ministros em Brasília.

 

Colaboração: repórter Eliandro Silva

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar