DestaqueNótíciasParaná

PAI E FILHO MORREM EM ACIDENTE NA PR-445, EM LONDRINA

De acordo com a PRE, colisão entre carro e carreta foi na tarde dessa sexta-feira (13).

Um acidente na PR-445, em Londrina (PR), na tarde dessa sexta-feira (13), entre um carro e uma carreta matou o pai e o filho, de acordo com a Polícia Rodoviária Estadual (PRE).

Ainda de acordo com a PRE, o motorista da carreta disse que o Chevrolet Corsa Classic invadiu a pista contrária e causou a colisão frontal. De acordo com a ex-esposa e mãe da criança, o homem enviou mensagens de texto via rede social dando a entender que causaria a morte da criança.

Ela disse que Marco Antônio Alves, de 45 anos, não aceitava o fim do relacionamento. De acordo com a PRE, no momento do acidente, ele estava no veículo junto com o filho Matheus Gabriel Kuasne Oliveira, de 9 anos.

Ainda de acordo com a PRE, o acidente foi próximo à Base da PRE, e o carro, que seguia sentido Londrina, invadiu a pista contrária e bateu de frente com a carreta, que transitava em direção a Curitiba.

Segundo o Corpo de Bombeiros, no momento que receberam o chamado para a ocorrência, o menino ainda estava com vida. Entretanto, ao chegar no local, foi constatado o óbito de ambos os ocupantes do veículo Corsa.

Pai mandou mensagens à ex-esposa antes do acidente

Após o acidente, a ex-esposa da vítima e mãe do pequeno Gabriel revelou mensagens que podem comprovar que o acidente foi premeditado. De acordo com a mulher, Marco Antônio não aceitava o fim do relacionamento e já teria feito ameaças contra ela.

Instantes antes da tragédia,Marco Antônio enviou mensagens de texto e áudio a ex-mulher dando a entender que tiraria a vida do filho. “Minha decisão foi tomada, não volto atrás. Ia ser você, mas aqui vai doer mais para ti”, escreveu o homem uma hora antes do acidente. 

Na situação é possível ver um vídeo em que o pequeno de 9 anos diz adeus à sua mãe momentos antes de morrer. O caso está sendo investigado pela polícia civil.

Garoto foi velado e enterrado sob forte comoção

O menino Matheus Gabriel Kuasne De Oliveira, de 9 anos, foi enterrado neste sábado (09) no cemitério São Pedro, em Londrina. Parentes e amigos, muito emocionados e revoltados com a morte trágica do garoto, tentavam buscar consolo e entender o que aconteceu. A mãe de Matheus, Érika Kuasne, falou que o filho vai ficar eternizado como uma criança brincalhona, que cuidava de todos e era amado pelos irmãos e amigos. “Onde ele ia, fazia amigos. Era cativante e muito amoroso”.

“Sinto revolta. Não imaginava que ia fazer isso com o filho. Fizesse comigo. Não imaginava que fosse covarde assim. Não há marca de frenagem na pista, nem nada. O próprio motorista da carreta falou”, desabafou Érika.

Ela contou que havia sido agredida pelo ex-companheiro na última quarta-feira (04). Com medo de morrer decidiu se esconder em Ibiporã. Ele não aceitava o fim do relacionamento, que havia acabado há 3 anos.

Na sexta-feira, Marco Antônio o homem pegou Matheus sem autorização. “Ele buscou o Matheus depois da aula, sem autorização, levou pra almoçar e levou para casa.

Quando Matheus chegou, avisou minha outra filha e saiu para brincar na rua. Foi aí que o pai pegou ele de novo. E depois disso eu não vi mais meu filho”, explicou a mãe.

O pai teria colocado o menino no banco da frente e sem cinto de segurança. Após isso, durante toda a tarde, Érika conta que recebeu áudios com ameaças e vídeos com uma espécie de despedida.

Erika chegou a acionar a polícia, mas não deu tempo.

Apoio: Taroba News

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar