DestaqueNótíciasParaná

MORADORES DE ALTO PARANÁ VIVEM CLIMA DE INSTABILIDADE COM A TROCA CONSTANTE DE PREFEITOS

Desde que o prefeito Miro sofreu cassação por parte do legislativo da cidade, não se tem mais certeza sobre quem administra Alto Paraná

Matéria de Jornal Noroeste.

Um clima de desconfiança e insatisfação tomou conta de grande parte da população de Alto Paraná. A alternância entre prefeito e vice-prefeito no exercício do cargo de chefe do Poder Executivo, segundo alguns moradores está prejudicando, e muito a vida da população. Para a Pioneira Vita de Souza Weiser, moradora no município há 46 anos, sob todos os aspectos o município, que possui cerca de 15 mil habitantes, “a troca de prefeitos é prejudicial, pois gera insegurança política.

A situação precisa se resolver”, revela.  No dia 13 de fevereiro deste ano os 09 vereadores de Alto Paraná se reuniram durante sessão extraordinária. Por 6 votos a 3 decidiram pelo afastamento do prefeito Altamiro Pereira Santana.  Em agosto deste ano ele chegou a reassumir e menos de 48 horas depois, o vice-prefeito, Claudemir Jóia Pereira (Palito), voltou ao cargo de prefeito. 

Segundo o Ministério Público, “o gestor responde a mais sete processos públicos e que sua permanência na Prefeitura poderia obstruir as investigações”. O MP alegou a importância da apuração de prática de atos de improbidade em virtude da realização de despesas públicas sem o prévio empenho e o respectivo pagamento nos anos de 2017 a 2019.  

Por sua vez, a defesa de Altamiro Santana entrou com recurso no Tribunal de Justiça e, de acordo com o relator Desembargador Renato Braga Bettega, que o reconduziu ao cargo, “a gravidade dos ilícitos imputados ao agente político e mesmo a existência de robustos indícios contra ele não autorizam o afastamento cautelar, exatamente porque não é essa a previsão legal”. 

Todo esse vai e vem de prefeitos tem deixado os munícipes preocupados com os destinos da cidade. Tentamos contato com o prefeito Miro através de sua assessoria de comunicação, mas até o momento não obtivemos retorno.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar