DestaqueNótíciasUtilidade Pública

MEDICAMENTOS: VOCÊ SABE COMO USAR?

Uso racional dos medicamentos é sempre importante para evitar problemas com a saúde.

Usar medicamentos de forma racional, significa fazê-lo com segurança. Quando mal utilizados ou quando utilizados em excesso, podem causar problemas como efeitos colaterais indesejáveis, intoxicação, interações medicamentosas, ausência ou diminuição do efeito.

Nosso corpo processa os medicamentos de forma diferente à medida que envelhecemos, e assim alguns medicamentos ou doses que são seguro para pessoas mais jovens, podem ser perigosos para um idoso. É sempre importante que você siga corretamente as orientações contidas na receita de seu médico ou dentista.

DEZ DICAS PARA O USO SEGURO DE MEDICAMENTOS;

  1. – Faça uma lista de todos os seus medicamentos, informe as doses e horários em que os toma. Informe inclusive aqueles que não foram receitados por médicos, como suplementos, vitaminas e produtos naturais. Mantenha esta lista sempre atualizada, e mostre a todos os médicos com quem consultar. Conhecendo tudo que você usa, ele poderá evitar receitar medicamentos duplicados, ou que possam se combinar a outros que você já usa, causando efeitos indesejáveis.
  2. – Preste atenção aos efeitos colaterais, se você tiver alergia ou qualquer outro tipo de sintoma, avise seu médico ou ao farmacêutico, os efeitos colaterais dos medicamentos podem ser indicativos de reações sérias e não devem ser ignorados.
  3. – Conheça os seus medicamentos, peça ao seu médico ou ao farmacêutico que lhe explique para qque serve e como funciona cada um deles, assim, se outro médico lhe receitar um medicamento semelhante, você poderá alertá-lo, evitando duplicação de medicamentos.
  4. – Muitos medicamentos possuem a mesma substância ativa, mas têm embalagens e nomes comerciais bem diferentes, verifique sempre na embalagem o nome da substância ativa para evitar seu uso duplicado.
  5. – Não aceite indicações de medicamentos vindos de parentes ou amigos e até mesmo vizinhos, lembre-se sempre que as pessoas são muito diferentes umas das outras; o que fez bem para uma pessoa, pode não fazer o mesmo efeito em outra, da mesma forma, não “receite” para ninguém o medicamento que fez bem para você.
  6. – Siga exatamente as instruções prescritas em sua receita. Peça ao seu médico que use letras bem legíveis e fáceis de serem compreendidas, ou até mesmo que a receita seja feita em um computador. Nunca fique sem a sua receita, ela trás todas as orientações para o uso seguro de seus medicamentos, se a farmácia precisar reter a receita, a mesma deve lhe oferecer uma cópia.
  7. – Verifique com seu médico ou farmacêutico quais medicamentos podem ser tomados jundos e se podem ser tomados com as refeições ou que podem evitar o esquecimento.
  8. – Guarde seus medicamentos em local seco, longe do sol, de umidade, de animais e de crianças. Preste atenção em datas de validade e nunca consuma medicamento vencido.
  9. – Muitos medicamentos podem se combinar ao álcool e produzir efeitos indesejáveis. Pergunte ao seu médico se há essa possibilidade com os remédios que ele lhe receitou.
  10. – Lembre-se: gotas, colírios, xaropes e pomadas também são medicamentos. As orientações acima também valem para eles.

Relate ao profissional de saúde o aparecimento de qualquer problema ao utilizar um medicamento ou entre em contato com a Ouvidoria Geral da Saúde pelo telefone 0800 644 4414, ou para mais informações, procure uma unidade de saúde mais próxima de sua casa.

 

Mostrar mais

Artigos relacionados

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Fechar