NótíciasParaná

HOMEM VAI COBRAR DIVIDA DE PORCO E ACABA ASSASSINADO CRUELMENTE EM MANDAGUAÇÚ

A vítima foi morta com um tiro na cabeça e teve seu corpo queimado junto com o carro.

Uma pessoa foi encontrada morta dentro de um carro na zona rural da cidade de Mandaguaçú, região de Maringá, na noite desta segunda-feira (10). O fato foi registrado por volta das 22 hrs, quando funcionários de uma usina de cana de açúcar estavam trabalhando em meio a plantação e em uma das estradas em meio ao canavial, encontraram um veículo VW Parati com placas de Nova Esperança em chamas.

Dentro do veículo, um corpo completamente carbonizado estava no banco do passageiro, em um primeiro momento não era possível sequer descobrir qual seria o sexo da vítima. Após os exames de criminalística por parte do IML de Maringá, chegou- se ao conhecimento através de familiares que se tratava do comerciante identificado por Marcio da Silva, 36 anos. 

Segundo o que já foi apurado pela polícia civil de Mandaguaçú, Marcio teria ido até a propriedade rural do suspeito de cometer o crime identificado por Claudio Fermino de Souza, 48 anos. A vítima teria ido até a residencia do executor, para cobrar uma divida no valor de R$ 600,00, referente a um porco que foi vendido pelo comerciante ao suspeito.

Em um determinado momento, a cobrança teria se transformado em discussão, e Claudio Fermino teria sacado de uma arma de fogo e disparado um tiro em direção a cabeça de Marcio. Após o tiro, Claudio colocou o corpo de Marcio no carro, levou até uma estrada rural em meio ao canavial e ateado fogo no veículo. A informação foi confirmada pela própria esposa do autor em depoimento à polícia.

Políciais foram até o sítio de Claudio na tentativa de prendê-lo, porém até o momento o mesmo ainda não foi localizado.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar