DestaqueNótíciasParaná

GOVERNO AUTORIZA CONTRATAÇÃO DE 3.000 AGENTES DE SEGURANÇA PÚBLICA NO PARANÁ

Medida anunciada pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior vai reforçar efetivos da Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros e Depen. Ele ressaltou que segurança pública se faz com inteligência e tecnologia, mas principalmente com presença física e recursos humanos.

O governador Carlos Massa Ratinho Junior autorizou nesta quarta-feira (4) os concursos públicos para contratação de 2,4 mil militares estaduais. São 2 mil policiais e 400 bombeiros. Além disso, o Estado vai selecionar 50 delegados, 300 investigadores e 50 papiloscopistas para a Polícia Civil. Também foram abertas 238 vagas para agentes de cadeia para complementar o quadro do Departamento Penitenciário (Depen).

Ratinho Junior ressaltou que segurança pública se faz com inteligência e tecnologia, mas principalmente com presença física e recursos humanos para atender todas as demandas da sociedade. “Nós estamos cortando em diversas áreas e passamos a investir no que é realmente essencial para melhorar a vida das pessoas. Segurança é prioridade número 1 e para isso precisamos de novos contingentes e equipamentos”, afirmou o governador.

Ele destacou que os índices de violência começam a reduzir quando segurança pública é feita com eficiência e integração. “Mais da metade das cidades do Paraná não registrou nenhum homicídio neste ano. Também passamos a prender mais, o que obriga a abertura de mais espaço no sistema prisional. O planejamento de contratações é nesse sentido, aliado a construção de novas casas de custódia para atender toda essa demanda”, pontuou.

O governador também citou que os novos contratados vão reforçar a segurança em pontos estratégicos do Estado. “Acima de tudo, esses concursos públicos vão trazer mais segurança para a população”, destacou. Ratinho Junior também ressaltou os investimentos que estão sendo feitos em viaturas e novos helicópteros.

Na cerimônia, o governador assinou um decreto autorizando as progressões de mais 143 policiais militares. Em julho, ele já havia assinado os avanços de carreira de 1.582 policiais militares e civis.

POLÍCIA MILITAR – A contratação de 2 mil policiais militares representa um ganho de material humano e de reposição ao efetivo, segundo o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Péricles de Matos. Os batalhões operacionais de todo o Estado terão seus quadros ampliados e poderão apresentar mais resultados à população.

“É um momento restaurador para a segurança pública. Isso demonstra o interesse do Estado em fazer com que as ações sejam práticas. A comunidade está sendo beneficiada, e não apenas com lançamento de policiais nas ruas, mas lançamento com estratégia e planejamento. E também os policiais da ativa, que convivem com escalas apertadas, terão melhor qualidade de vida”, complementou.

POLÍCIA CIVIL – Para a Polícia Civil, a abertura do edital é imprescindível para que a corporação desempenhe sua função de polícia judiciária. O delegado-geral Silvio Rochemback disse que as novas vagas serão distribuídas de acordo com critérios técnicos para atender demandas represadas que sobrecarregam o trabalho de investigação. “É o compromisso do governador em ter a melhor segurança pública do País. Não adianta ter a melhor tecnologia sem recursos humanos bem qualificados e capacitados”, emendou.

BOMBEIROS – Os 400 novos bombeiros vão reforçar unidades de diversas regiões do Estado, com a ampliação principalmente nos serviços de atendimento à emergências. Para o comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Samuel Prestes, a medida contribuirá para elevar o nível de eficiência da corporação.

DEPEN – Os novos agentes de cadeia serão contratos por meio do Processo Seletivo Simplificado (PSS) e atuarão nas unidades que serão concluídas até o fim deste ano ou até meados de 2020. Eles serão responsáveis pela segurança interna e condução da rotina dos presos.

PRESENÇAS – Estiveram presentes na cerimônia realizada no Quartel de Comando da Polícia Militar do Paraná o vice-governador Darci Piana; o chefe da Casa Miliar, major Welby Sales; o diretor-geral da Polícia Científica, Leon Grupenmacher; o chefe de Estado-Maior da PM, coronel Lanes Randal Prates; o Comandante-Geral do Corpo de Bombeiros, coronel Samuel Prestes; o diretor do Departamento Penitenciário, Francisco Caricati; o desembargador Telmo Cherem; e os deputados estaduais Delegado Recalcatti, Mauro Moraes, Soldado Fruet, Delegado Fernando, Soldado Adriano José, Estacho, Tiago Amaral, Cristina Silvestri, Márcio Pacheco e Evandro Araújo.

Box

Governador e chefe da Casa Civil são homenageados com medalhas

O governador Carlos Massa Ratinho Junior e o secretário-chefe da Casa Civil, Guto Silva, também foram homenageados pela Polícia Militar do Paraná com as medalhas Coronel Sarmento, maior honraria da tropa, conferida anualmente aos agentes públicos e personalidades da sociedade civil que defendem as causas da segurança.

O Superintendente de Desempenho Governamental, João Luiz Giona Júnior, e o Diretor-Geral da Casa Civil, Felipe Augusto Flessak, também foram homenageados.

O coronel Sarmento é o patrono da Polícia Militar do Paraná. Ele participou de todas as operações revolucionárias travadas pela corporação entre 1912 e 1926. O coronel faleceu no dia 21 de abril de 1934, dia de Tiradentes, patrono das polícias do Brasil.

Região

9ª CIA IND COLORADO – O comandante da unidade policial Major Carmelito dos Santos, participou ao vivo por telefone do Programa J. Silva na manhã desta quarta-feira (04). Major Santos incentivou os jovens de toda região de Colorado a participarem do concurso, onde há possibilidade de se aprovados, trabalharem na cia de Colorado.

O Major descreveu também o seu exemplo na carreira militar, quando ingressou como soldado no ano de 1.987 e chegou até o oficialato da polícia militar paranaense onde está prestes a ser promovido a Tenente-Coronel. Abaixo disponibilizamos o áudio com a participação do Major Santos ao vivo no programa quando fala com o apresentador J. Silva na Interativa FM 103,1.

 

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar