Colorado e RegiãoDestaqueNótícias

CONHEÇA O “PEDRO PEDAL SEM FRONTEIRAS” HÁ 3 ANOS PEDALANDO PARA APAGAR MÁGOAS DO PASSADO

O ciclista saiu da Bahia e já visitou 7 países além de já ter percorrido todo o país.

Utilizando-se de uma bicicleta simples sem muitos recursos, duas caixas carregando uma barraca, uma rede, roupas e outros objetos pessoais, rodas e pneus para a bike, Pedro Pedal Sem Fronteiras, como se identifica, pedala há três anos pelo Brasil e outros países da América Latina.

Tudo começou quando Pedro morava na Bahia, antes de ser ciclista, o rapaz magro e de estatura baixa trabalhava como operador de maquinas na empresa JBS, unidade localizada em Salvador. A empresa transferiu Pedro até outra unidade em Feira de Santana, há 118 km de onde morava, Pedro ficou 3 meses fora, indo para casa apenas nos finais de semana, e quando retornou definitivamente, sua esposa apareceu grávida. 

Desconfiado, Pedro pediu exames de DNA a mulher que, se negou a fazer mesmo pedro tendo a perdoado e dito que assumiria a criança que não tinha culpa dos erros de sua amada que, preferiu abortar a criança. Neste mesmo período, a ex-mulher de Pedro assumiu outro relacionamento, segundo o ciclista aventureiro, a ex-mulher sempre estava em seu local de trabalho com o amante exigindo dinheiro.

Pedro disse a nossa reportagem que amigos de trabalho o aconselharam a matar a mulher e o amante, mas cansado da situação, decidiu pedir as contas da empresa, onde o dinheiro do acerto foi dado todo a ex-mulher e seguiu seu caminho Brasil afora, o ciclista afirma ainda que hoje em dia sua ex-esposa e o amante são usuários de drogas.

Três anos pedalando no Brasil e 7 países diferentes. O ciclista soma cerca de 287 mil km percorridos com sua bicicleta. Uma bandeira brasileira acoplada à sua bicicleta prova os lugares que Pedro passou, tendo assinaturas e nomes de algumas das milhares de cidades por onde o ciclista passou dentro e fora do Brasil. O homem relata que pedala cerca de 150 quilômetros por dia, mas como há desgastes em peças da bicicleta, reduziu a quantidade de km percorridos, passando a fazer 80 diariamente.

Sua bicicleta também vai passar por revisão, o administrador Fernando Henrique da ICD Imagem, que faz parte de um grupo de ciclistas no município providenciou a manutenção da bike de Pedro  na oficina especializada Imperium Bike de propriedade de Carlos. 

Pedro diz que é artesão também. Em uma das caixas, o ciclista nos mostra assessórios femininos como pulseiras e colares feitos por ele mesmo. O ciclista desabafa para a equipe de reportagem que tem um sonho: encontrar um lugar onde possa trabalhar e morar ao mesmo tempo, e vai tentar sorte em Colorado, onde nos próximos dias vai fazer da rodoviária do município, o seu local de descanso.

Abaixo você confere a entrevista de Pedro junto ao Programa J Silva.

 

 

ESTARIA COLORADO NA ROTA DE PEREGRINOS AVENTUREIROS?

 

Numa manhã ensolarada de quinta-feira ( 10 de Maio de 2.018), a equipe de reportagem do Programa J. Silva se deparou com outro ciclista viajante. Agustín Gutiérrez foi visto pela nossa equipe de reportagem no posto da Polícia Rodoviária Estadual em Colorado descansando.

O uruguaio trabalhava em uma empresa em Búzios no estado do Rio de Janeiro e retornava de bicicleta para casa no Uruguai, e até chegar em Colorado, Agustín já tinha pedalado cerca de 1.450 Km onde parou pra tomar um café e descansar um pouco. 

No arquivo, a entrevista de Agustín na ocasião em que falou ao vivo por telefone no Programa J. Silva.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar