BrasilNótíciasPolítica

Bolsonaro demite Ricardo Velez, Ministro da Educação

Marcada por crises e divisões, a gestão de Rodrigues Velez no MEC chega ao fim.

Após se envolver em várias polêmicas em pouco mais de três  meses à frente do Ministério da Educação (MEC), Ricardo Vélez foi demitido do cargo. A demissão foi confirmada pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL), na tarde desta segunda-feira (8), através do Twitter.

Bolsonaro que durante o café da manha com jornalistas na última sexta feira já havia sinalizado que a gestão “não estava dando certo”, anunciou em sua rede social o desligamento de Velez, bem como quem seria seu substituto. “Comunico a todos a indicação do Professor Abraham Weintraub ao cargo de Ministro da Educação. Abraham é doutor, professor universitário e possui ampla experiência em gestão e o conhecimento necessário para a pasta. Aproveito para agradecer ao prof. Velez pelos serviços prestados”, escreveu.

Resultado de imagem para ministro da educação

Weintraub, faz parte da equipe de transição do Governo e era o secretário-executivo da casa Civil. É economista, mestre em administração na área de finanças pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e professor da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

Desde janeiro, houve ao menos 14 demissões no alto escalão da pasta, detentora de um dos maiores orçamentos do governo federal.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Fechar